Comemora-se no México o XXV Aniversário da Conferência Ibero-americana

Cumprem-se 25 anos da celebração da Primeira Cúpula Ibero-americana, que se realizou em Guadalajara, México, em 19 de julho de 1991.

ForoMexicoXXVAniversario-Cumbre

Hoje realizou-se no México o Fórum Comemorativo do XXV Aniversário da Conferência Ibero-americana, organizado pela Secretaria de Relações Exteriores do México com a colaboração da Secretaria Geral Ibero-americana e do Colégio do México (COLMEX).

A inauguração esteve a cargo da Secretária Geral Ibero-americana, Rebeca Grynspan, da Secretária de Relaciones Exteriores de México, Claudia Ruiz Massieu, e da diretora do Colégio do México, Silvia Giorguli, que refletiram sobre as transformações que o espaço ibero-americano sofreu após 25 anos de vida e no qual o México teve um papel fundamental.

Durante a sua intervenção, a Secretária Geral destacou a visão que tiveram os presidentes que organizaram a I Cúpula Ibero-americana em 1991, uma vez que, de acordo com o seu modo de ver, “adiantaram-se à sua época” criando o Espaço Ibero-americano, e enfatizou o papel realizado pelo México, que foi um “pilar da construção da Ibero-América” durante estes 25 anos.

Recordou também que apesar de a Ibero-América ainda não estar livre de “incertezas políticas”, é um espaço com “instituições cada vez mais sólidas”.

Referiu também que a próxima Cúpula Ibero-americana, que se celebrará nos próximos dias 28 e 29 de outubro em Cartagena das Índias (Colômbia), se centrará no que constitui o maior desafio e ao mesmo tempo a maior força da região: os jovens.

Por outro lado, a Secretária de Relaciones Exteriores Ruiz Massieu recordou o que era a região há 25 anos, uma região em constante mudança que apostou na criação de uma plataforma para o diálogo político e para a cooperação horizontal com base em políticas de inclusão, pluralidade e solidariedade, e refletiu sobre a renovação da Conferência Ibero-americana, que “já está a dar frutos concretos”.

Durante o fórum, estiveram presentes membros do Corpo Diplomático acreditado no México, legisladores, acadêmicos, representantes de organizações internacionais, sociedade civil e funcionários do Governo Federal.

Após a inauguração levaram-se a cabo dois fóruns de discussão, um denominado “Reflexão sobre os avanços da Conferência Ibero-americana 25 Anos após a sua Criação”, e o segundo sobre “A Mulher na Ibero-América: Avanços em 25 anos, no qual participou a Secretária Geral.

Veja todos os assuntos