A Conferência de Reitores das universidades espanholas se unem à Aliança para Mobilidade Acadêmica Ibero-Americana

O total de 76 universidades espanholas, representadas pela CRUE, aderiram à Mobilidade Acadêmica Ibero-Americana

crue

Crue Universidades Espanholas assinou hoje, em Santiago de Compostela, o Acordo de Adesão à  Aliança para a Mobilidade Acadêmica Ibero-Americana, um projeto coordenado pela Secretaria Geral Ibero-Americana, a Organização de Estados Ibero-Americanos (OEI) e o Conselho Universitário Ibero-Americano (CUIB).

Participou da cerimônia de assinatura Segundo Píriz, Presidente da Crue Universidades Espanholas; Juan Viaño, Reitor da Universidade de Santiago de Compostela; Rebeca Grynspan, Secretária Geral Ibero-Americana; Paulo Speller, Secretário Geral da OEI; Jorge Sainz, Secretário Geral de Universidades do MECD; Félix García Lausín, Secretário Geral do CUIB e Marco Antonio Zargo, Reitor da Universidade de São Paulo.

Crue Universidades Espanholas engloba 76 universidades espanholas entre as quais se encontram 50 públicas e 26 privadas, e trabalha pela coesão e qualidade do sistema universitário espanhol.

Mediante o acordo, se compromete a divulgar e impulsar, entre as instituições de educação superior associadas, todos aqueles programas que sejam afins e contribuam para o objetivo de fortalecer o Espaço Ibero-Americano de Conhecimento. Ademais, fornecerá informação que seja de competência do Ministério de Assuntos Exteriores e de Cooperação, como organismo reitor do trabalho com as cúpulas na Espanha, ao mesmo tempo que colaborará com a Secretaria Técnica do EIC naquelas funções de âmbito nacional, regional ou internacional acordadas entre as partes, entre elas a coordenação e a participação de instituições da Crue Universidades Espanholas na Aliança

Veja todos os assuntos