SEGIB e ONCE unidos para implantar o Programa Ibero-americano de Deficiência

A Secretária Geral Ibero-americana e a Fundação ONCE firmaram um convênio marco de colaboração para contribuir à implantação do Programa Ibero-americano de Deficiência e incluir a temática de forma transversal nas políticas, programas e projetos de Cooperação Ibero-americana.

A secretária geral Ibero-americana, Rebeca Grynspan, e o Presidente da Fundação ONCE, Miguel Carballeda, reuniram-se hoje, 6 de fevereiro, para firmar um convênio marco de cooperação com o fim de estreitar os laços institucionais e apoiar o enfoque de deficiência nas linhas de atuação prioritárias da SEGIB.

A colaboração será concretada, principalmente, em definir e implementar as ações a desenvolver para dar início ao Programa Ibero-americano de deficiência, em conjunto com a Organização Ibero-americana de Segurança Social.

La secretaria general iberoamericana, Rebeca Grynspan, y el Presidente la Fundación ONCE, Miguel Carballeda, revisan el convenio
La secretaria general iberoamericana, Rebeca Grynspan, y el Presidente la Fundación ONCE, Miguel Carballeda, revisan el convenio

Ainda assim, será promovida a participação de estudantes, professores e pesquisadores cegos ou com deficiência visual severa, assim como com outras deficiências, no marco Ibero-americano de mobilidade acadêmica “Campus Ibero-América”, para o qual a ONCE entrará a formar parte da Aliança para a Mobilidade Acadêmica.

Do mesmo modo, o convênio busca a inclusão das pessoas com deficiência nas medidas encaminhadas ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (Agenda 2030) da comunidade Ibero-americana, por exemplo através da realização de estudos sobre o tema ou com a promoção da cooperação entre Iberbibliotecas e o Projeto da ONCE “Bibliotecas para todos”.

Finalmente, será promovida a participação de pessoas com deficiência e a atenção a seus direitos e necessidades nos documentos oficiais adotados entre países e nas Conferências e reuniões Ibero-americanas vinculadas com a temática.

Com esta iniciativa avança-se no cumprimento do compromisso surgido durante a passada XXV Cúpula Ibero-americana de Cartagena, de implantar o Programa Ibero-americano de Deficiência e incluir a temática de forma transversal nas políticas, programas e projetos de Cooperação Ibero-americana.

Veja todos os assuntos