Iberorquestras juvenis
Programa de Apoio à Constituição do Espaço Musical Ibero-Americano

Países integrantes

Mapa Iberoamérica Andorra España Portugal México Jamaica Haití República Dominicana Puerto Rico Cuba Belice Guatemala El Salvador Honduras Nicaragua Costa Rica Panamá Chile Argentina Brasil Guayana Francesa Surinam Guayana Venezuela Colombia Ecuador Perú Bolivia Paraguay Uruguay

Argentina, Costa Rica, Chile, Ecuador, El Salvador, España, Guatemala, Honduras, México, Panamá, Uruguay

Antecedentes

No quadro da XVIII Cúpula Ibero-Americana de Chefas e Chefes de Estado e de Governo, instituiu-se a proposta da Venezuela, do ano de 2008, para a criação de um Programa Ibero-Americano de Fomento da atividade musical.

Em 2009 constituiu-se o Conselho Intergovernamental. A presidência do programa e a unidade técnica foram da responsabilidade da Venezuela, até passarem para o México em 2010, país que foi reeleito em 2013 para um segundo período de três anos.

A partir de 2016, a presidência e a unidade técnica do programa passarem para o Uruguai.

Objetivos

  1. Difundir entre os meninos, meninas, adolescentes e jovens, a educação musical e a prática orquestral como um valioso instrumento para o desenvolvimento artístico e humano, bem como para a integração social


  2. Fomentar a presença e o conhecimento da diversidade cultural ibero-americana no âmbito da música, estimulando a formação de novos públicos na região e alargando as perspetivas de trabalho dos futuros profissionais da música


  3. Fomentar e fortalecer nos países ibero-americanos a criação e o desenvolvimento de Sistemas e Fundações Nacionais Orquestrais, Coros e Bandas que promovam a participação das crianças, adolescentes e jovens de médios e baixos recursos


  4. Transformar as orquestras, coros e bandas num instrumento de prevenção e luta contra a droga, a violência e a delinquência


  5. Alargar o mercado de trabalho aos jovens Profissionais da Música


  6. Propiciar a mobilidade de instrumentistas, profissionais, solistas e diretores ibero-americanos


  7. Contribuir para a difusão do repertório musical ibero-americano histórico e atual

Redes sociais