Ibercozinhas, Tradição e Inovação

Países integrantes

Mapa Iberoamérica Andorra España Portugal México Jamaica Haití República Dominicana Puerto Rico Cuba Belice Guatemala El Salvador Honduras Nicaragua Costa Rica Panamá Chile Argentina Brasil Guayana Francesa Surinam Guayana Venezuela Colombia Ecuador Perú Bolivia Paraguay Uruguay

Argentina, Colombia, Chile, Ecuador, Guatemala, México, Panamá, Paraguay, Perú

Antecedentes

Aprovada na XXIV Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo de Veracruz, México, em 2014.

Projetar e promover políticas, programas, estratégias e iniciativas culturais para a difusão e divulgação do potencial gastronómico ibero-americano, de forma a promover espaços para a formação, sobretudo no que se refere à cozinha, gastronomia e produção de alimentos tradicionais e artesanais; bem como incentivar a investigação e a preservação da gastronomia tradicional e popular; aprofundar a história da alimentação da região; sublinhar o valor das matérias-primas da Ibero-América; criar registos e acervos gastronómicos, políticas de patentes, de comercialização e de denominações de origem, e contribuir também para a conceção, instrumentação e eventual avaliação de políticas públicas para favorecer a cultura culinária.

Objetivos

  1. Desenvolver as Declarações sobre Património Cultural da Humanidade da UNESCO sobre os pratos tradicionais da região


  2. Fomentar políticas públicas para a sua preservação e difusão


  3. Promover a inovação gastronómica e a interculturalidade


  4. Incentivar a comercialização de matérias-primas


  5. Investigar e difundir a história da alimentação na região


  6. Criar acervos bibliográficos e documentais da gastronomia na Ibero-América


  7. Estabelecer linhas de ação mensuráveis para a sua avaliação

Redes sociais