Iber-rotas
Fortalecimento das Rotas de Direitos e da Interculturalidade na Migração Ibero-Americana

Países integrantes

Mapa Iberoamérica Andorra España Portugal México Jamaica Haití República Dominicana Puerto Rico Cuba Belice Guatemala El Salvador Honduras Nicaragua Costa Rica Panamá Chile Argentina Brasil Guayana Francesa Surinam Guayana Venezuela Colombia Ecuador Perú Bolivia Paraguay Uruguay

Argentina, Bolivia, Brasil, Costa Rica, Chile, España, México, Paraguay, Perú, Uruguay

Antecedentes

Proposto pela Argentina, foi aprovado no quadro da XX Cúpula Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo em dezembro de 2010, na cidade de Mar del Plata, Argentina.

Contribuir para a promoção da diversidade cultural na Ibero-América, através da criação de um espaço comum para a proteção dos direitos dos migrantes, a partir de uma perspetiva intercultural.

Objetivos

  1. Conhecer as políticas públicas sobre a migração e favorecer o desenvolvimento de investigações que analisem os temas em questão e que destaquem a relação migração/diversidade cultural


  2. Dispor de informação fiável e integrada sobre as dimensões dos fenómenos migratórios na Ibero-América com estatísticas baseadas em categorias acordadas entre os países


  3. Sensibilizar, através de campanhas de informação e capacitação da população, sobre os direitos culturais e a integração dos migrantes, a proteção da diversidade cultural e a luta contra a xenofobia e a discriminação


  4. Contribuir para a proteção da diversidade cultural e da interculturalidade na Ibero-América através da difusão da informação produzida no Programa


  5. Ajudar a diminuir as desigualdades decorrentes de situações de género ou de etnia entre os grupos migrantes e incorporar esta perspetiva na agenda ibero-americana


  6. Promover a adoção de estratégias de inclusão social e respeito pela diversidade cultural, facilitando a troca de experiências e fortalecendo as relações de cooperação através de atividades conjuntas entre instituições governamentais e da sociedade civil

Redes sociais