Começa em Cartagena o 3º Laboratório Ibero-americano de Inovação Cidadã

Entre 9 e 22 de outubro realiza-se em Cartagena, Colômbia, o 3º Laboratório Ibero-americano de Inovação Cidadã, evento que reúne mais de 100 Ibero-americanos para trabalhar de forma colaborativa em projetos Cidadãos.

cua32l1waaauov1

O III Laboratório Ibero-americano de Inovação Cidadã LABICCO começou nesta segunda-feira em Cartagena de Índias (Colômbia), sendo um evento aberto e Cidadão no marco da XXV Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo.

Como nas anteriores edições, nesta ocasião reúnem-se mais de 100 Cidadãos Ibero-americanos, durante duas semanas, para desenvolver de forma colaborativa os 11 projetos escolhidos em convocatória pública nos passados meses, que este ano serão focados em inclusão e acessibilidade de povoações vulneráveis.

Entre os projetos selecionados encontra-se o denominado “Gente Fuente”, que desenvolverá a tipografia digital da língua da comunidade indígena Wounaan, e se encontra também o denominado “Interface urbana para pessoas excepcionais”, que criará dispositivos urbanos para ajudar pessoas excepcionais a se deslocar pelas cidades.

O Lab será um espaço para que a inovação Cidadã possa acontecer, para sistematizar e acelerar essas inovações espontâneas de Cidadãos que surgem nos bairros, que transformam comunidades e têm potencial de se replicar em outras cidades. Será um espaço que permita simultaneamente a experimentação, o aprendizado e o protótipo de soluções.

Todas as atividades do laboratório realizam-se até 22 de outubro no Centro de Formação da Cooperação Espanhola (Cra. 3 nº 274, Plaza de Santo Domingo, Cartagena de Índias), e todos os dias contará com atividades abertas de acesso público, além das atividades próprias do Lab.

A Secretaria Geral Ibero-americana, o Ministério de Cultura da Colômbia  (Direção de Populações), Medialab-Prado(Prefeitura de Madri), AECID, a Fundação Ford, Instituto de Patrimônio e Cultura de Cartagena (Prefeitura de Cartagena), Escola de Oficinas de Cartagena, Universidade de Cartagena, Rádio Nacional da Colômbia, Telefónica e a Fundação Unidos em Rede são os sócios que fazem possível este evento.

Consultar o programa completo

Veja todos os assuntos