Brasil, comprometido com a Ibero-América

Durante sua visita oficial ao Brasil, a Secretária-Geral Ibero-americana se reuniu com o Chanceler e participou na apresentação do Relatório de Cooperação Sul-Sul na Ibero-América 2017.

A secretária-geral ibero-americana, Rebeca Grynspan, se reuniu no passado dia 8 de março com o chanceler do Brasil, Aloysio Nunes, com quem conversou sobre a participação do país na XXVI Cúpula Ibero-americana a se realizar na Guatemala nos próximos dias 15 e 16 de novembro, na qual o Brasil estará representado ao mais alto nível.

“O Brasil é um dos países mais ativos na cooperação no marco ibero-americano, participando em 17 dos 27 programas de cooperação existentes” e esse compromisso se mantém firme e será inclusive acentuado, sublinhou a Secretária depois da reunião.

Um dos acordos alcançados no encontro é que um funcionário da Secretaria-Geral Ibero-americana também o seja da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o que permitirá agilizar projetos e melhorar a coordenação com o escritório sub-regional da SEGIB para o Cone Sul.

Além disso, na semana passada, o Congresso brasileiro ratificou o acordo básico de cooperação técnica entre o país e a SEGIB, um trâmite que estava pendente desde 2012 e que agora, uma vez concretado, possibilitará a ampliação e consolidação das relações de cooperação entre as duas entidades.

Após a sua reunião com o Chanceler, a secretária Grynspan manteve reuniões com autoridades do Ministério de Cultura e da Agência Brasileira de Cooperação.

Sua visita oficial ao país concluiu com a apresentação do Relatório de Cooperação Sul-Sul na Ibero-América elaborado pela SEGIB, que recolhe todas as iniciativas que, nessa matéria, são desenvolvidas no marco da comunidade ibero-americana.

Veja todos os assuntos