“Empreendimento Juvenil na Ibero-América”, uma chave para a empregabilidade

Estudo apresentado pelo Organismo Internacional da Juventude para a Ibero-América (OIJ), com o apoio de Deusto Business School e o Global Entrepreneurship Monitor (GEM), é o primeiro em conter a caracterização global do estado do empreendimento juvenil nos 21 países ibero-americanos que formam parte do OIJ. Este grupo está composto por 19 nações americanas –Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela- e duas europeias –Espanha e Portugal-.

O objetivo  deste documento é ter uma caracterização completa da Ibero-América baseada em indicadores comuns que possam oferecer uma panorâmica da situação do empreendimento juvenil em cada país e na região em seu conjunto, assim como aportar algumas chaves que orientem seus respectivos governos no projeto e execução de políticas públicas dirigidas a este coletivo.

O estudo confirma que o empreendimento juvenil está se configurando como una alavanca de emprego, desenvolvimento e prosperidade na Ibero-América. Também inclui fichas individuais que descrevem o estado atual do empreendimento em cada um dos países participantes no estudo.


Ver documento