Apresentado pela primeira vez no Brasil o Relatório de Cooperação Sul-Sul na Ibero-América

Durante sua visita oficial ao Brasil, a Secretária-Geral Ibero-americana reuniu-se com o Chanceler e participou na apresentação do Relatório de Cooperação Sul-Sul na Ibero-América 2017.

No dia de hoje foi apresentado no Brasil, pela primeira vez em seus 10 anos de história, o Relatório da Cooperação Sul-Sul na Ibero-América 2017, publicação elaborada pela SEGIB que recolhe todas as iniciativas que, nessa matéria, se desenvolvem no marco da comunidade ibero-americana.

Na apresentação participaram a secretária-geral ibero-americana, Rebeca Grynspan, o diretor da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), João Almino; a secretária adjunta ibero-americana, Mariangela Rebuá, e a coordenadora do relatório, Cristina Xalma.

 

“O Brasil é um aliado indispensável do espaço ibero-americano e um grande protagonista da cooperação entre os países de nossa região” assinalou a secretária Grynspan, acrescentando que, segundo o relatório “o Brasil lidera a carga na Cooperação Sul-Sul ibero-americana junto com a Argentina e o México, e é um ator fundamental na transferência de capacidades nos âmbitos social e econômico, especialmente nas áreas de saúde, abastecimento e saneamento de água, e agricultura, setores nos quais desenvolveu programas emblemáticos”.

O país lusófono participou em 1 de cada 5 intercâmbios de Cooperação Sul-Sul que foram realizados entre os países ibero-americanos durante 2016.

“Meu reconhecimento e admiração pela tradição solidária e horizontal que construiu o Brasil e o labor da Agência Brasileira de Cooperação ABC (…) passar do paradigma da assistência ao da cooperação não só se trata de transferir recursos, senão de formar alianças. A Ibero-América tem muito a aportar a este importante debate”, assinalou a secretária Grynspan.

Durante sua visita ao Brasil, a Secretária também se reuniu com o chanceler Aloysio Nunes, com quem conversou sobre a participação do país na XXVI Cúpula Ibero-americana a realizar-se na Guatemala nos próximos dias 15 e 16 de novembro.

Além disso, entrevistou-se com autoridades do Ministério de Cultura e da Agência Brasileira de Cooperação.

Veja todos os assuntos